Pinhais - Paraná +55 (41) 3668-1942 (41) 98490-5452

O Ensino

Educar para a construção de competências e para o desenvolvimento das habilidades que mobilizam recursos e conhecimentos é uma imposição vivida pelo Colégio. A educação escolar é, também, responsável pelo desenvolvimento da criatividade, do senso crítico, da capacidade de analisar, sintetizar e interferir na sociedade. Cabe ao professor, além de comprometer-se com a difusão da cultura, com a construção do conhecimento e com a iniciação científica, estar permanentemente voltado ao trabalho com valores que, associados aos recursos tecnológicos, compõem a educação do cidadão consciente e moderno.

A perspectiva construtiva na educação é configurada por uma série de princípios explicativos do desenvolvimento humano e da aprendizagem, que se complementam, integrando um conjunto orientado a analisar, compreender e explicar os processos escolares de ensino e aprendizagem. A configuração do marco explicativo construtivista para os processos de educação escolar deu-se, entre outras influências, a partir da Psicologia Genética, da Teoria Sócio-interacionista e das explicações da atividade significativa.

Diversos autores partiram dessas idéias para desenvolver e conceituar as várias dimensões envolvidas na educação escolar, trazendo inegáveis contribuições à teoria e à prática educativa. O núcleo central da integração de todas essas contribuições refere-se ao reconhecimento da importância da atividade mental construtiva nos processos de aquisição de conhecimento. Daí o termo construtivismo, denominando essa convergência. Assim, segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais, "[...] o conhecimento não é visto como algo situado fora do indivíduo, a ser adquirido por meio de cópia do real, tampouco como algo que o indivíduo constrói independentemente da realidade exterior, dos demais indivíduos e de suas próprias capacidades pessoais. É antes de tudo, uma construção histórica e social, na qual interferem fatores de ordem cultural e psicológica".

A atividade construtiva - física ou mental - permite interpretar a realidade e construir significados, ao mesmo tempo em que permite criar novas possibilidades de ação e de conhecimento.